DSC_5803
DSC_81751

Workshop Fotografia Vila Maria Zélia

Sem vagas

Valor R$ 170,00
Preço de venda com desconto
Promoção R$ 120,00
Desconto R$ -50,00
Preço padronizado:

Informações

Preço promocional de R$ 170,00 por R$ 120,00! Desconto de R$ 50,00 !!!

 Workshop Fotográfico Vila Maria Zélia abordará assuntos básicos, porém muito importantes da fotografia digital:

  • Fotometria: abertura, velocidade e ISO;
  • Profundidade de campo;
  • Balanço do branco;
  • Composição fotográfica e enquadramentos;
  • Exercícios práticos.

O workshop contará também com saída fotográfica pela Vila Maria Zélia, com acompanhamento profissional.

Data: 08/04/2017

Horário: 09h00 às 17h00

Local: Associação Cultural Vila Maria Zélia - Rua Mario Costa, 13 - Vila Maria Zélia - Belenzinho.

Público Alvo: amadores e iniciantes que queiram melhorar suas fotografias.

Pré-requisito: ter câmera digital com ajustes manuais de qualquer marca ou modelo.

Clecio Antão - Instrutor

  • Formado em Sistemas de Informação, possui mais de 30 anos de experiência profissional, voltada à tecnologia e fotografia;
  • Inicializou o movimento Urbex (Urban Explorer) no Brasil;
  • Coautor do livro Paranapiacaba – Imagens Poéticas - 2012;
  • Realizou diversos treinamentos voltados ao segmento fotográfico;
  • Organizou expedições (saídas) fotográficas, como as visitas ao edifício Martinelli, edifício Sampaio Moreira, Teatro Municipal, Vila Maria Zélia (primeira vila industrial do Brasil), Vila de Paranapiacaba, Cidade de Ararapira, Jardim Botânico de São Paulo, entre outros.

Sobre a Vila Maria Zélia

A Vila Maria Zélia é um Patrimônio Histórico do Município de São Paulo, inaugurada em 1917 e tombada pelo Condephah e Compresp em 1992. É uma referência a população e aos pesquisadores como antiga forma de moradia dos operários das indústrias da zona leste.

Neste lugar singular com muita história para contar, ocorreram filmagens de comerciais, novelas e longas metragens como: Ravina com Eliane Lago (1959), O Corintiano, com Mazzaropi (1966), Novela Salário Mínimo (1979) da extinta TV Tupi, No País dos Tenentes (1987).

A Vila Maria Zélia é um exemplo peculiar do binômio vila operária-fábrica, foi inspirada nas experiências das Vilas inglesas, em particular a vila operária de Saltaire, nas proximidades de Bradford.

A sua construção foi um projeto revolucionário no contexto do primeiro surto da industrialização brasileira. Começou a ser construída em 1911 para abrigar as residências e áreas de uso coletivo dos operários ao lado da fábrica da Companhia Nacional de Tecidos de Juta, local de trabalho destes. Foi idealizada pelo industrial Jorge Street, dono da tecelagem e o projeto é atribuído ao arquiteto francês Pedaurriex.